Encontre-nos no FacebookTwitterAssista aos videos do YoutubeRSSE-mail

Os professores mexicanos estão em greve há mais de um mês. Eles são contrários a uma lei recém-aprovada que modifica a carreira.

http://www.anovademocracia.com.br/118/17a.jpg
Professores mexicanos estão em greve há mais de um mês.

Os professores estão permanentemente mobilizados em grande parte do país, principalmente na capital, Cidade do México, e em Oaxaca, ao sul, desde 19 de agosto. Em 23 de setembro, marcharam do Monumento da Revolução, onde quase dez mil docentes estão acampados, até a secretaria de governo para exigir a abertura de uma mesa nacional de negociação.

Os protestos, marchas, bloqueios de ruas, ocupação de prédios públicos se espalharam por 25 estados mexicanos, segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE).

Para o próximo dois de outubro é esperada uma grande mobilização em todo o país, com protestos na capital e em outras cidades. Os professores estão recebendo o apoio de várias organizações sociais e da população mexicana, principalmente do movimento estudantil.

Entre os dias 18 e 20 de outubro, a CNTE realizou uma greve cívica nacional. A intenção era se contrapor à Lei Geral de Serviço Profissional Docente (LGSPD), que determina que qualquer professor que falte três dias sem justificativa será automaticamente demitido.

Negociação

Supostamente, os dirigentes sindicais fizeram um acordo com o governo, no último 20 de setembro, para o fim da greve e do acampamento na capital mexicana. Os professores deveriam retornar às suas cidades e repor os mais de 25 dias de paralisação. Mas as bases não aceitaram a decisão e convocaram a categoria a radicalizar os protestos, já que não houve avanços significativos nas negociações.

Conteúdo exclusivo para assinantes
    • Toda sabujice de Dilma-PT

      Toda sabujice de Dilma-PTCumprindo os deveres do ofício de lacaia, Dilma Rousseff, em sua recente viagem ao USA, desnudou por completo sua condição de gerente semicolonial. Tal como antes fez seu tutor, Luiz Inácio, que rastejou diante do facínora Bush Filho, mesmo tentando encobrir com seu...

    • PPE arrocha trabalhadores para salvar burocracia sindical e monopólios

      PPE arrocha trabalhadores para salvar burocracia sindical e monopóliosDesde que se iniciou o segundo mandato da senhora Rousseff, não passa uma quinzena sem que o governo desfira — geralmente, por medida provisória — algum duríssimo ataque aos trabalhadores. Na primeira de julho, foram dois, interligados: o adiamento da metade dos...

    • 20 anos da heroica Resistência Camponesa de Corumbiara

      20 anos da heroica Resistência Camponesa de CorumbiaraNo dia 9 de agosto de 1995 ocorreu a Batalha de Santa Elina, também conhecida como “Massacre de Corumbiara”. Seiscentas famílias camponesas sem terra montaram acampamento para conquistar o sagrado direito à terra para nela viver e trabalhar. Antenor Duarte,...

    • Encontro nacional repudia o terrorismo de Estado

      Encontro nacional repudia o terrorismo de EstadoHá um ano, em 12 de julho de 2014, 23 ativistas eram presos e perseguidos na véspera da final da Copa da Fifa pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. No dia seguinte, 13, manifestantes que se concentravam na Praça Saens Peña, no tradicional bairro da Tijuca,...

    • “O índio não parou, manteve a intensidade da luta e nunca se ocupou tanto dela”

      “O índio não parou, manteve a intensidade da luta e nunca se ocupou tanto dela” Entrevista exclusiva com o Cacique Babau Tupinambá Em 14 de julho, tivemos a oportunidade de entrevistar o Cacique Babau Tupinambá, em Porto Velho, Rondônia, durante as atividades do IV Congresso Nacional da Comissão Pastoral da Terra (CPT). Babau, cacique...

    • A Grécia e o duplo estelionato eleitoreiro do Syriza

      A Grécia e o duplo estelionato eleitoreiro do SyrizaNo último 3 de julho correu o mundo uma imagem icônica da grave situação em que o capitalismo internacional em crise colocou o povo da Grécia. Os gregos têm sido castigados por um arrocho draconiano e sem fim, um dos mais severos já impostos pelo grande...

    • Abaixo o novo acordo antipopular, a continuação da barbárie!

      Abaixo o novo acordo antipopular, a continuação da barbárie!Há uma semana, o governo Syriza-Anel pediu para o povo dizer NÃO às propostas da Troika e às “políticas de austeridade”, que as chamadas instituições buscavam colocar em marcha. Hoje, depois de um ressonante NÃO por parte do povo, participam de um acordo...

    • “Por que o governo tem medo de mim? Eu sou 90% paralítico... mas eu penso, eu escrevo”

      “Por que o governo tem medo de mim? Eu sou 90% paralítico... mas eu penso, eu escrevo”Entrevista com o professor GN Saibaba  A presente entrevista foi concedida a Anumeha Yadav, reproduzida em várias páginas e blogs estrangeiros, traduzida e adaptada pela redação do AND. GN Saibaba em casa com familiares Dr. GN Saibaba, professor de Inglês na...

Flagrante de cineasta canadense sendo espancado e roubado por PMs no Rio
Flagrante de cineasta canadense sendo espancado e roubado por PMs no RioCopa no Rio: PM ataca manifestantes e é respondida com pedras e molotovsPoliciais disparam tiros de munição letal contra protesto no Rio de Janeiro
AND agora tem conteúdo exclusivo para assinantes
Digite nome de usuário e senha para ter acesso a todos os artigos