RJ: Com justas ações de sabotagem, greve dos garis desafia governo

Desde o dia 28 de março, garis que trabalham para a Companhia Municipal de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro (Comlurb) estão em greve. Os trabalhadores lutam por um justo reajuste salarial e por outros direitos trabalhistas que estão sendo negados pelo prefeito reacionário Eduardo Paes (PSD).

Felipe Grinberg

Garis realizam protesto no centro do Rio de Janeiro

Mesmo antes de iniciarem a paralisação, os trabalhadores já vinham organizando atos em frente a sedes de órgãos do velho Estado e protestando em importantes vias expressas, como o fechamento da avenida Brasil, no dia 23/03.

Os garis exigem um reajuste de 25% nos salários e no ticket alimentação, a conclusão do Plano de Cargos Carreiras e Salários (PCCS) e a implantação do Adicional de Insalubridade para os Agentes de Preparo de Alimentos (APAs). Os trabalhadores já estão há três anos sem reajuste, mesmo com a alta inflação.

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin