Casados com a viola

Com mais de vinte premiações em festivais, a dupla Kleuton & Karen trabalha firme pela defesa e resgate da cultura da viola caipira, tendo a responsabilidade de ser um dos únicos casais, em seu estilo, no segmento caipira no país. Apadrinhados por Zé Mulato e Cassiano, a dupla tem como objetivo divulgar a autêntica música caipira não só para quem já conhece, mas, para os muitos que pensam que música caipira é o chamado sertanejo universitário, divulgado pela mídia. 

— Somos marido e mulher, mas costumo brincar que as violas se casaram primeiro (risos). Nos conhecemos em uma roda de viola, em uma festa. Na época o Kleuton tinha um parceiro, o Carlos, e seguiam com seu trabalho. Começamos a namorar e por causa disso passei a andar com eles nos shows e ajudar na divulgação da dupla. Então aconteceu uma fatalidade: o Carlos veio a falecer em um acidente de moto, isso em maio de 2007. Acabei assumindo o lugar dele na dupla — conta Karen. 

— Sempre tive um gosto pela música, amava a viola, mas nunca pensei que um dia iria seguir carreira. Na minha família não tem violeiro, nem músico em geral, nenhum artista. Mas meu pai ouvia muita música caipira, eu era criança e absorvia tudo. Meus pais foram criados na roça e passaram essa experiência para nós. Ele é de Minas, ela de Goiás, e morou no Tocantins — continua.

Kleuton teve contato com o meio rural desde menino.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin