RJ: Polícia invade sede e intimida movimento popular

Créditos - André Fernandes

No último dia 19 de fevereiro, a sede da Federação de Favelas do Rio de Janeiro (Faferj) foi alvo de intimidação policial durante a realização de um debate sobre a contrarreforma da Previdência e o chamado “Pacote Moro”.

Um oficial da Polícia Militar questionou os presentes sobre o conteúdo da reunião que ocorria na sede da Federação. “Fiquei muito surpreendido [com a presença da PM] porque a Faferj faz várias reuniões contra ações do governo, gritando contra intervenção, contra várias matanças do Estado, e nunca teve polícia aqui. Estamos vivendo o tempo do chicote no negro, no pobre, no favelado”, comentou o presidente da Faferj, Rossino Diniz, ao jornal Brasil de Fato.

Em nota, a Federação ressalta que é ilegal e antidemocrática a abordagem, pelo fato de que os policiais foram ao local sem mandado judicial e angariavam obter maiores informações sobre a plenária e seus participantes.

“Nós consideramos grave a presença da PM em nossa sede durante a plenária popular. Esse ato pode ser interpretado como uma forma de intimidar os movimentos sociais participantes da plenária e demonstrar que estamos sendo monitorados e vigiados pelos órgãos de repressão do governo”, denunciou a Faferj.

O “Pacote Moro”, discutido pela entidade, visa institucionalizar e dar a abertura legal para policiais matarem em serviço, terem penas reduzidas ou mesmo saírem impunes a depender de critérios subjetivos, uma espécie de “licença para matar” contra os pobres.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro