Chile: Revolucionários comemoram o Dia da Juventude Combatente

Nas ruas de Santiago e Puento Alto, no dia 29 de março, jovens revolucionários organizaram ações combativas para comemorar o Dia da Juventude Combatente, apesar do toque de recolher imposto pelo velho Estado chileno.

Com cartazes e velas, eles lembraram os jovens que morreram heroicamente na luta contra o regime militar fascista, como os irmãos Vergara, Mauricio Maigret e Aracely Romo.

Homenagem a Mauricio Maigret Becerra, jovem combatente que foi morto na ditadura militar fascista (fonte: El Pueblo)

Colocando a luta combativa acima do toque de recolher do velho Estado, os jovens inclusive denunciaram a “crise do coronavírus” como mais uma crise capitalista de superprodução, colando também cartazes com as palavras de ordem: Deixar os ricos pagarem pela crise!

Panfleto: "que os ricos paguem pela crise, nossas vidas valem mais que sua ganância". (Fonte: El Pueblo)

Em Puento Alto, os manifestantes ergueram barricadas na Av. Diego Portales e na Av. México e as incendiaram.

Manifestantes combatentes erguem barricadas em Puento Alto (fonte: El Pueblo)

O jornal popular e democrático El Pueblo anexou, ainda junto das notícias, um poema feito pelos jovens à ocasião. Um deles dizia: Cada día nace un nuevo joven combatiente / Jóvenes valientes que le dan cara a este viejo estado. / Combaten firmemente / al calor de la llama ardiente, / se escucha el grito / por los que no están, / por los que persisten y piden libertad. / En la calle no se ven caras, / pero si capuchas que apedrean a los que matan. / Somos pueblo consiente / y hoy conmemoramos / a nuestra juventud valiente.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin