Acampamento Manoel Ribeiro é novamente cercado

Em uma nova investida para conter as famílias em luta pela terra, no dia 13 de maio, chegaram à sede da antiga fazenda Santa Elina, 10 caminhonetes e um avião, que retornou a sobrevoar a região do acampamento Manoel Ribeiro localizado em Chupinguaia, Rondônia.

O avião pousou na sede da fazenda, cujo o que se arvora proprietário das terras é Antenor Duarte, o mesmo latifundiário que em 1995 orquestrou junto ao estado de Rondônia o odioso ataque contra os camponeses de Corumbiara. As caminhonetes que foram vistas aparentemente são da polícia.

Novamente um cerco ilegal é imposto contra as famílias que vivem no acampamento. Os camponeses afirmam que diante dos fatos o que se prepara é um novo ataque.

imprensa porta-voz do latifúndio difama movimento popular para respaldar ataques contra os camponeses

Durante todo o dia em que o cerco ao acampamento foi retomado, a imprensa porta-voz do latifúndio de Rondônia e seus satélites reacionários fez questão de narrar que os camponeses do Acampamento Manoel Ribeiro estava efetuando troca de tiros com a polícia, que praticava furtos e matança de gado, os trataram todos como "terroristas" para justificar a Segurança Privada promovida pelo Estado em favor dos latifundiários da região de Chupinguaia e Corumbiara. 

Nenhuma menção ao massacre que a reação vem preparando é feita, sequer ouvem os próprios camponeses, investigações sobre a grilagem de terra pelo latifúndio também passam despercebidas. Os camponeses denunciam que os ataques da imprensa reacionária visam criminalizar a luta pela terra.

Leia também: Policiais realizam ilegalmente segurança privada para latifúndio na antiga fazenda Santa Elina

Desde 05/05 policiais militares portando armas de grosso calibre seguem de maneira ilegal e criminosa operando em favor do latifúndio na antiga Fazenda Santa Elina. Foto: Banco de dados AND

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin