BA: Manifestantes exigem a liberdade de 8 camponeses com bloqueio de BR

Manifestantes erguem faixa com a frase "Só queremos o direito de ter nossa casa própria". Foto: Reprodução

No dia 26 de julho, camponeses protestaram exigindo a liberdade de oito companheiros presos em 2019, durante resistência contra despejo realizada pelos paramilitares a mando da empresa monopolista Veracel Celulose que é latifundiária de eucalipto da região Sul da Bahia.

A manifestação ocorreu pela manhã, com barricadas fechando a BR-101 nos dois sentidos no município de Itagimirim. A manifestação durou cerca de 3h e 30 minutos, formando um longo congestionamento. Os camponeses só liberam a via depois de serem ouvidos. Os manifestantes ergueram uma faixa com a frase "Só queremos o direito de ter nossa casa própria".

A prisão ocorreu em julho de 2019. Camponeses denunciam a morosidade no processo, onde o judiciário já adiou duas audiências, negaram o pedido de habeas corpus, como também a mudou o processo que estava na 2ª Vara e agora está na 1ª vara na competência do juiz Otaviano Andrade.

O fato é que a resistência dos camponeses naquela ocasião (já noticiado pelo AND) foi em legítima defesa. A reação da massa foi imediata, após uma reintegração de posse em favor da multinacional Veracel Celulose, suposta dona da fazenda, ocorrida em 27/06. Algumas famílias expulsas das terras, sem ter para onde ir, acamparam na estrada perto da área reintegrada. Dias depois, em 02/07, o grupo camponês foi abordado pela pistolagem legalizada como empresa (GPS, com sede em São Paulo) que aproximou-se com seis carros e, de maneira truculenta, tentou expulsar os camponeses do local.

Leia também: BA: Camponeses em luta pela terra botam 'seguranças' para correr; assi

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin