TO: Pistoleiros invadem acampamento, alvejam camponeses e assassinam apoiador

Na manhã de 6 de agosto, grupos de pistoleiros invadiram o acampamento camponês Maria Bonita localizado no município de Palmeirante, Tocantins (TO). No ataque, os pistoleiros dispararam contra os moradores e assassinaram a tiros o camponês morador da região e apoiador da luta pela terra, identificado como Getúlio Coutinho dos Santos, de 54 anos. 

Durante o ataque, os criminosos arrancaram os trabalhadores de suas próprias residências, espancaram e balearam diversos acampados, entre eles o cunhado da vítima. Alguns camponeses ainda estão desaparecidos. 

Getúlio morava junto à sua família, próximo ao acampamento onde atualmente vivem cerca de 100 famílias, entre elas parentes da vítima. Ele era um grande apoiador da luta, realizando até reuniões em sua residência.

Recentemente, junto à comunidade, o camponês reconstruiu a ponte que dava acesso a sua residência e ao acampamento. Em um ato criminoso, a ponte foi derrubada por pistoleiros a serviço do latifúndio, de acordo com denúncias. 

De acordo com o portal local AF notícias, circulam áudios em um aplicativo, relatando o desespero dos moradores durante o ataque dos pistoleiros. “Pessoal tá gritando lá e pedindo para chamar a polícia com urgência. Já mataram o Getúlio e estão tocando fogo em tudo”.

Getúlio Coutinho, apoiador da luta camponesa assassinado por pistoleiros. Foto: Reprodução

O acampamento que existe há mais de cinco anos, faz parte da Gleba Anajá, área que pertence à União. O Incra parou recentemente o processo de vistoria que antecede a destinação oficial das terras públicas para a dita “reforma agrária”. Em meio a isso, a comunidade segue sob ameaça de despejo após o latifundiário Júlio César Eduardo Filho, que se reivindica dono da fazenda Navarro, ganhar uma liminar na 2ª Vara Cível de Colinas do Tocantins, em detrimento dos camponeses.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin