Galícia: Ações e chamado são realizados em apoio ao Acampamento Tiago dos Santos e à LCP

Em 19 de outubro, o Comitê de Construção do Partido Comunista maoista da Galícia (CCPCmG) lançou um chamado às organizações maoistas, às organizações populares, tanto da Galícia como do resto dos povos do mundo, para que denunciem os crimes do velho Estado Brasileiro e dos paramilitares ao serviço do latifúndio contra os camponeses que realizam a ainda pendente revolução agrária no país semifeudal e semicolonial.

O comunicado dos maoistas galegos se dá em meio a uma tentativa de massacre dos camponeses de Rondônia. Os acampamentos Tiago Campin dos Santos e Ademar Ferreira vêm sendo alvo de uma operação ilegal, iniciada no dia 15/10, que mobiliza mais de 3 mil policiais para uma série de ações sem respaldo jurídico.

Leia também: URGENTE! Mais de 3 mil soldados se preparam para novo massacre na Área Tiago Campin dos Santos

Eles ainda convocam a apoiar a Liga dos Camponeses Pobres (LCP) como a organização genuína dos camponeses brasileiros à que o governo de Bolsonaro e os generais tentam massacrar.

“O proletariado galego consciente sempre terá presente a heroica luta dos camponeses do Brasil contra o latifúndio”, afirmam.

Além disso, a organização revolucionária galega Galícia Vermelha divulgou ações de colagem de cartazes conclamando: Parar o ataque militar contra os acampamentos Tiago dos Santos e Ademar Ferreira! Viva a luta pela terra! Viva a Liga dos Camponeses Pobres!

Cartazes que dizem Viva a Revolução Agrária! Viva a Liga dos Camponeses Pobres! também foram colados.

Leia também: RESISTÊNCIA! Famílias resistem à tentativa de novo massacre no Tiago dos Santos

Cartazes em apoio ao Acampamento Tiago dos Santos e à Liga dos Camponeses Pobres. Fotos: Galícia Vermelha

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin