RO: PF investiga superfaturamento em compras de materiais hospitalares feitas pela Sesau

PF faz operação contra fraude em licitações para vendas de materiais hospitalares para a Sesau/RO. Foto: Maríndia Moura

A Polícia Federal (PF) investiga a compra de materiais hospitalares feita pela Secretaria de Saúde de Rondônia (Sesau/RO).  A investigação descobriu que máscaras KN95, cujo preço de mercado é de R$ 2,58, eram vendidas à secretaria pelo preço de R$ 15,30. Um superfaturamento de 500%.

A operação denominada Dúctil está na sua 3° fase e desde 2020 investiga fraudes na compra emergencial de materiais e insumos médico-hospitalares relacionados ao enfrentamento da Covid-19 em Rondônia. As investigações revelaram indícios de possível atuação de empresários junto com agentes públicos da Sesau para apresentações de atestados de capacidade técnica falsos.

A investigação também já revelou que empresários direcionavam licitações e fraudavam contratos com o governo de Rondônia, que empresas modificaram a área de atuação durante a pandemia para participar de licitações, que o grupo investigado chegou a firmar contratos que chegam de R$ 21 milhões com o estado e que o valor de sobrepreço pago pelo estado de Rondônia chega a R$ 6,9 milhões.

Todas essas descobertas foram feitas a partir da análise de processos licitatórios feitos pelo governo de Rondônia durante a pandemia de Covid-19. O relatório apontou que “há indícios de irregularidades nos procedimentos de homologação das propostas, ausência de representatividade legal de suposto representante comercial, bem como o pagamento adiantado de cerca de R$ 3 milhões de reais à empresa sem apresentação de garantias suficientes para cobrir os riscos relacionados à entrega dos produtos”.

Os policiais federais cumpriram cinco mandados de busca e apreensão na 3ª etapa da Operação, sendo dois deles em Goiânia, dois em Manaus e um em São Paulo. Todas as ordens foram expedidas pela 3ª Vara Criminal da Justiça Federal de Rondônia.

Durante a 1° e 2° fases da operação, ocorridas em meados de 2020, foram cumpridos dois mandados de prisão temporária mais 25 mandados de busca e apreensão em cidades como: Porto Velho, São Miguel do Guaporé (RO), Rolim de Moura (RO), Guajará-Mirim (RO), Manaus, Santo André (SP), São Bernardo do Campo (SP), São Caetano do Sul (SP) e Tabapuã (SP). Buscas também foram realizadas na sede da Sesau em Porto Velho.

A operação Dúctil também ocorre no Acre, com as mesmas empresas envolvidas em fraudes de licitações em Rondônia. A PF informou que os empresários que estão sendo investigados já foram indiciados anteriormente pelos crimes de fraude à licitação, falsidade ideológica e associação criminosa, por supostas fraudes em chamamentos públicos da própria Sesau.

Se provada a participação no novo esquema, os envolvidos podem responder por fraude a licitações, falsidade ideológica, associação criminosa, lavagem de dinheiro, entre outros crimes. 



NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin